domingo, setembro 21, 2008
Emmys: Boston Legal


Pensavam que David E. Kelly não ia sair da sombra de Ally McBeal? Enganam-se. Boston Legal é tão boa ou, atrevo-me a dizer, por vezes melhor do que Ally McBeal. A estrutura é semelhante: firma de advogados, figuras caricatas, e os casos mais disparatados do mundo. Mas há diferenças que... fazem toda a diferença. A química dos protagonistas (James Spader e William Shatner) é um dos maiores motores da série. É uma pequena delícia a última cena de cada episódio: uma conversa a dois, regada por um copo de wisky e acompanhada de um charuto. Nunca nos cansa. E se há algo que destaca Boston Legal da maior parte das séries, é a forma como a realização arrojada é, por si só, uma marca de destaque. Reconhecemos a série só pela forma como a camâra se mexe, pelos seus zooms exagerados ou pelas rápidas mudanças de planos. É a técnica ao serviço da arte, num casamento perfeito.
posted by not_alone @ 5:18 da manhã  
1 Comments:
  • At 4:42 da tarde, Blogger Fifeco said…

    Uma série absolutamente genial. Arrebata pela sua argumentação e pela sua capacidade de tornar situações séries em pequenos prodígios hilariantes.

    XCumprimentos

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates