quarta-feira, dezembro 19, 2007
Filme do mês | Novembro
Pedindo desculpas pelo enorme atraso seguem abaixo as escolhas do mês de Novembro.

Ana Silva Enchanted
"Este mês destaco "Enchanted". Um filme tipicamente encantado, onde tudo brilha e tem uma leveza imensa. Ainda que a história passe, inevitavelmente, por momentos exagerados, cheios de cor e de música, o filme é sem dúvida uma história de encantar, com a belíssima interpretação de Amy Adams, digna de uma verdadeira princesa. A minha escolha este mês é por "Enchanted" ser um filme onde quem vê, se perde entre a realidade e a banda desenhada; onde pomos em causa se não gostariamos de poder saltitar entre os dois mundos e falar com os animais de vez em quando. "

H. Control

"O melhor filme de Novembro foi para mim Control, evocação de Ian Curtis realizada pelo fotógrafo Anton Corbijn. Num preto-e-branco lindíssimo, Control mostra-nos Curtis na sua nua humanidade – e é uma experiência poderosamente comovente. É dos mais belos filmes do ano. Dos mais tristes filmes da década. "

not_alone Control

"Se é verdade que os artistas que morrem prematuramente ficam nos cânones da história, Ian Curtis vem provar que esta afirmação é mais do que um silmples chavão. Os Joy Division continuam a ser uma das mais influentes bandas alternativas e Control é, mais de que um filme, um tributo à pessoa que foi Ian Curtis. Com apenas 23 anos, o vocalista da banda suicidou-se no auge da sua carreira. Não queremos dissecar os porquês, não queremos, num filme destes, mais do que recordar a alma perturbada de um jovem de 23 anos. Uma mulher, uma amante, uma fillha, uma tourné nos EUA que os viria a tornar maiores do que alguma vez imaginou. Tudo isso era demasiado. Faz-nos pensar se não é verdade que devemos ter cuidado com aquilo que sonhamos. Pode tornar-se realidade. Eu, também com 23 anos, dou por mim várias vezes a olhar para as cordas penduradas na minha cozinha. "

Paulo Paranoid Park

"Num mês onde David Cronenberg confirmou o seu excelente momento de forma com Eastern Promisses, não poderia deixar de destacar esse outro regresso muito bem vindo, com assinatura de outro grande nome do outro lado do Atlântico: Gus Van Sant e o seu Paranoid Park. O filme, mais um mergulho na sombria juventude americana (e não só) acaba mesmo por se revelar um dos mais intensos do autor de Elephant, com o seu olhar muito particular sobre o mundo a atingir novos níveis de expressão artística. É um filme que respira sensações por todos os poros, e que perde o seu tempo com aparentemente insignificantes olhares e pedaços de vida que revelam mais sobre as suas personagens do que qualquer linha de diálogo. É uma das belas obras de 2007".


P.R. Eastern Promises

"Num mês onde não tive oportunidade de ver os filmes que queria e onde me escapou Paranoid Park, o meu destaque vai Eastern Promises. Contudo, não é uma escolha por falta de opções mas sim pela grandiosidade do filme de Cronenberg que não sendo tão consensual como History of Violence tem em mim um verdadeiro fã. Tal como neste último, Cronenberg esboça e realiza um filme brilhante sobre a condição humana, as suas motivações e receios. Eastern Promises é na minha opinião um filme brilhante que conta com um Viggo Mortensen que não só tem das melhores actuações do ano, como do novo milénio."

Duarte Paranoid Park

"Depois da desilusão que "Last Days" me causou, Gus Van Sant volta ao seu bomcinema, com uma obra claramente influenciada na sua aproximação estílisticae narrativa mais recente, minimalista e etérea, tão estranhamentemelancólica e desencantada, como formalmente imaculada e de um cuidadovisual assombroso. Um dos bons filmes deste final de ano."


E vocês? Num mês com tantas propostas interessantes, qual foi o filme que vos arrebatou ?

posted by P.R @ 5:12 da tarde  
4 Comments:
  • At 12:09 da manhã, Blogger H. said…

    Ok, as escolhas do mês andam-me a deixar meio confundida... É que obviamente a escolha seria Paranoid Park mas confundi-me com as estrelas do Knoxville que não incluiam a última semana de estreias :S
    É a 2ª errata em dois meses... sorry.

     
  • At 12:03 da tarde, Blogger P.R said…

    LOL Na boa! Tenho mesmo de ver Paranoid Park... pelos vistos arrebatou tudo e todos :)

     
  • At 10:06 da manhã, Anonymous N0C0ddE said…

    Sem dúvida que os filmes do mês foram o Eastern Promises e o Control, com ligeiro ascendente para a película de Corbjin. No entanto saliento que ambos são filmes recomendáveis e, no lote dos melhores do ano com certeza.

     
  • At 3:54 da tarde, Anonymous Sher_Lock said…

    De facto, o Eastern Promises e o Control foram, não só os melhores filmes do mês, como estão no lote dos melhores do ano. Até porque o Paranoid Park desiludiu-me.

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates