sábado, fevereiro 11, 2006
Pride and Prejudice


Existem determinados filmes que valem só pelos desempenhos dos seus actores, e existem outros que valem só por si e onde os desempenhos principais são apenas uma parte da magnificiência do filme. Em qual destes casos Pride and Prejudice se insere? Infelizmente em nenhum, pois o filme não é bom e o desempenho da actriz nomeada ao Óscar muito menos.

Há filmes bastantes maus mas que não têm pretensões a ser grandes obras-primas, e existem outros, como Pride and Prejudice, que são realmente fracos mas que têm intenções pseudo-artísticas e surgem como uma tentativa de ser um grande filme. De facto, em Pride and Prejudice apenas o guarda-roupa se aproveita pois o argumento é mau, a realização é irritantemente pretenciosa e os actores... bem os actores são espantosamente maus. Keira Knightley irrita-me pela carinha de anjo deslavado, sempre presente em todos os seus filmes. No entanto, a nomeação ao Óscar poderia demonstrar que, de facto, tinha feito algum trabalho proveitoso na sua carreira e, como tal, resolvi dar-lhe o benefício da dúvida. Contudo, mais uma vez a actriz confirmou aquilo que eu penso sobre ela: uma pseudo-actriz extremamente irritante e claramente sobrevalorizada. De facto, em Pride and Prejudice esforça-se por ter um bom desempenho mas na verdade não o consegue, sendo incrível como conseguiu a sua nomeação num ano em que tivemos, por exemplo, Naomi Watts e Gwyneth Paltrow em King Kong e Proof, respectivamente. Quanto ao Mr. Darcy temos um Matthew MacFadyen tão medíocre que, inadvertidamente, consegue gerar sentidas gargalhadas. Abrindo a crítica ao resto do elenco, temos mais histeria do que propriamente competência.


Pride and Prejudice é assim um filme que falha em toda a linha. Apesar de alguma competência em termos de direcção artística e guarda-roupa, todos os elementos são balofos, inconstantes e extremamente arrogantes na pretensão que têm em ser grandes quando, na verdade, são tão medíocres.

Classificação:
posted by P.R @ 1:54 da tarde  
3 Comments:
  • At 7:50 da tarde, Blogger Sara said…

    Entre todas as críticas que vi a "Pride and Prejudice", a tua, foi a única com que concordei... A história de Jane Austen é uma uma boa história e um bom cliché mas o filme é enfadonho e recheado de histerismo e más interpretações (exceptuando talvez Mr. Sutherland).

    Cumps,
    Sara

     
  • At 8:06 da tarde, Blogger P.R said…

    pois sara, o filme parece que, de facto, foi muito bem aceite um pouuco por todo o lado e Portugal nãp foi excepção. Na revista Prémiere deste mês dão-lhe 4 estrelas! Mas pronto, nem sempre podemos ter a mesma opinião :)

     
  • At 12:12 da tarde, Anonymous S0LO said…

    Eu cá gostei. É um bom "feel-good movie" :).

    Abraço

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates