terça-feira, junho 13, 2006
Thom Yorke | The Eraser


Thom Yorke é, como já todos devem saber, o vocalista dos Radiohead. Uma das mais influentes e inovadoras bandas contemporâneas. O contributo que esta banda deu para a música é indiscutivelmente importante, não só no pop/rock como no universo alternativo, aonde agora se enquadram mais.

The Eraser está algures no limbo entre um universo e o outro. Não é The Bends, mas também não é Kid A. É definitivamente Thom Yorke, mas isso não deixa de ser sinónimo de Radiohead. O ambiente android de OK Computer está lá, mas este registo é um regresso às canções no seu sentido mais convencional, que há muito os Radiohead deixaram para trás. A canção que dá título ao álbum tem, claramente, aura de single. Uma música com uma melodia simples, cativante e que não foge muito do que a banda do cantor nos tem habituado. Como aliás o resto do álbum. Ficamos sempre à espera do momento em que Thom Yorke vai virar totalmente o volante e guiar-nos por outros caminhos. Mais seus, mais álem. A verdade é que os seus caminhos são estes. Os dos Radiohead.

O génio que vive em si parece querer embalar, em vez de agitar, e nunca nos sentimos arrebatados por The Eraser. Deixamo-nos levar pelo seu encanto, pela delicadeza da voz de Thom Yorke, mas nunca partimos para vôos mais altos. Permanecem as comparações com a banda a que dá voz e questiona-se a necessidade de um álbum a solo.

Ainda assim, nada que saia da mente de Thom Yorke consegue ser mau. Este álbum continua a ser uma óptima alternativa à grande maioria de álbuns à venda. Fica a sensação de que podia ser uma obra mais arrojada, de que é uma oportunidade perdida para desbravar novos trilhos, mas é o suficiente para aguçar o apetite enquanto não chega o novo dos Radiohead.



posted by not_alone @ 8:10 da tarde  
8 Comments:
  • At 11:20 da tarde, Blogger H. said…

    não conhecia nada dele a solo... mas vou tratar de o fazer =)

     
  • At 12:08 da manhã, Blogger Pedro Duarte said…

    O álbum já saiu ?!

    Será q é desta q compro um CD ? há tantos anos que não comprava :)

     
  • At 12:15 da manhã, Blogger not_alone said…

    Não, ainda não saiu, mas eu já lhe deitei a mão. Sai dia 4 de Julho.

     
  • At 10:23 da tarde, Blogger Pedro Duarte said…

    :)

    Entao deve já ter estreado na 'net ;)

    Acho q vai ser o meu 1º CD comprado fora de Portugal.

    Conheço ppl q importa pela Net (comprando um CD mesmo) a preço mais do q justo.

    Por acaso, ontem fiz 1 pesquisa :

    http://www.artistdirect.com/nad/store/artist/album/0,,3665313,00.html

    $9.99 é preço justo, acho eu.

    Fnac portuguesa : aprendam a lidar com a realidade/actualidade !

     
  • At 10:21 da manhã, Blogger H. said…

    eu de vez em qdo compro cds pela net na cd-wow, o preço é mto mais barato q cá e ñ se pagam portes!
    http://www10.cd-wow.com/

     
  • At 2:33 da tarde, Blogger Pedro Duarte said…

    obrigada H pelo URL.
    Não sabia desse.

     
  • At 11:22 da manhã, Blogger amazing said…

    Estou ansioso e curioso para ver o que saíu daquela cabecinha.

     
  • At 6:54 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    What a great site
    »

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates