quinta-feira, fevereiro 16, 2006
O Segredo de Brokeback Mountain




Depois de ter visto este filme, é impossível não o recomendar. Adorei. Neste filme, tudo encaixa com uma naturalidade e sensibilidade incríveis. Neste filme, as sensações misturam-se: ao início uma paz tranquilizante, depois um envolvimento terno e ao mesmo tempo cruel, e no fim um aperto no coração que nos faz querer reviver um amor e uma paixão que duram para sempre.

Tomara muita gente conseguir amar daquela forma. Conseguir manter vivo um amor genuíno, puro, que vai além do tempo, das próprias pessoas. Um amor que nada nem ninguém separa ou deixa acabar. Mesmo assombrado por preconceitos e pelas convicções da época, o sentimento que nasceu naturalmente entre Jack e Ennis cresce da mesma forma, independentemente do que os rodeia. É impressionante a forma como os dois elementos desta história transportam dentro de si um sentimento tão bonito e uma sensibilidade tão grande e, simultaneamente, uma angústia, uma tensão que só se liberta quando finalmente aquelas emoções se consumam, seja através de um beijo, de um toque ou de um olhar.

Todos os aspectos do filme devem ser mencionados, pois nenhum deles nos deixa indiferentes. Se as paisagens que envolvem esta história de amor são lindíssimas e apaixonantes, o desempenho dos actores principais deixaram-me absolutamente extasiada e quase sem palavras. Heath Ledger está fantástico, num personagem que nos angustia pela sua luta contra si mesmo, e que ele próprio não consegue vencer.. O seu olhar vazio e amedrontado só ganha cor e tranquilidade de vez a vez, quando a presença de Jack é efectivamente uma realidade, quando a sua alma é preenchida por aquele que ama. De facto, Jake Gyllenhaal é a outra metade da alma deste filme. Está brilhante, desesperadamente apaixonado, e faz-nos apaixonar da mesma forma.. Não por ele, mas por aquele sentimento que deixa transbordar no seu sorriso, nas suas brincadeiras ingénuas ou nos beijos violentos de tanto amor.

O Segredo de Brokeback Mountain
é um filme de poucas palavras e, na verdade, é-me difícil falar sobre ele e encontrar as palavras certas. Bonito, puro, genuíno, sensível, tocante. Este filme é feito para se ver, para se sentir e para se viver, através do olhar profundo e limpo que Ang Lee nos proporciona. Vejam, deixem-se envolver e, acima de tudo, amem.


Classificação:


posted by Ana Silva @ 11:38 da tarde  
27 Comments:
  • At 12:25 da manhã, Blogger not_alone said…

    Mais um excelente texto, desta vez de um filme fabuloso. Realmente ao ver este filme só nos resta pôr os preconceitos de lado e deixarmo-nos levar por uma intemporal história de amor.

     
  • At 9:47 da manhã, Blogger P.R said…

    Meu deus! onde é que andaste durante este tempo todo? ;)Mais uma análise profunda e de enorme sensibilidade. O filme não me tocou assim tanto, nem dava as 5 estrelas mas há que realçar a forma como elevaste o filme a um patamar superior :)

     
  • At 9:48 da tarde, Anonymous Ana Teresa said…

    Depois de ler este texto... Fiquei invejosa! Apetece-me sentir o mesmo... Tenho de ver o filme com urgência!

     
  • At 10:35 da tarde, Blogger Ana said…

    Parece q este é um dos filmes do momento. Todos dizem mto bem do filme. Acho q vou ter de comprová-lo...

    Mto bom o vosso blog. Gostei bastante dos textos, do template e dos assuntos q por aqui passam (aqui sou suspeita pq tb adoro cinema, musica, literatura, enfim arte no geral)...Podem contar c um link em breve no meu blog. Estão todos de parabens!

     
  • At 12:31 da manhã, Blogger P.R said…

    Ana Teresa: tens mesmo de ver o filme, é realmente bom :)

    Eu: obrigado pelos elogios :) contamos com as tuas visitas ;)

     
  • At 1:46 da tarde, Blogger Francisco Mendes said…

    E aquele tema de Gustavo Santaolalla, simplesmente perfeito... depois de umas semanas após o seu visionamento ainda me sinto arrebatado pela sua composição. Genial!

    Abraço Pedro e parabéns pela eloquente expressividade Ana.

     
  • At 2:01 da tarde, Blogger P.R said…

    Fracisco: realmente o tema é genial, assim como a canção pela qual ele ganhou o óscar o ano passado. sem dúvida um grande compositor :) Abraço!

     
  • At 8:38 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    A paisagem deixa-nos sem fôlego assim como aquele amor puro,desinteressado de dois jovens cowboys que, na luta pela vida sofrem a hostilidade social.
    O filme é excelente em todos os aspectos. Penso vê-lo mais uma vez.

     
  • At 8:17 da tarde, Anonymous Wesley said…

    Este filme é excelente, pois mostra a historia certinha de meu namorado, com a historia do passado dele, depois que eu assisti este filme com ele, ficou muito marcado, porque é algo que realmente acontece com as pessoas...
    e eu sei o que pode ter passado nos corações...
    aos diretores meus parabéns....

     
  • At 6:53 da tarde, Blogger Nia said…

    O melhor filme de 2006 na minha opinião... realmente não há palvras para explicar o que o Ang Lee conseguiu, o certo é qualquer que seja a linguagem de comunicação, vai directo ao coração (lol até rimou ;)
    Quem estiver interessado no meu Top 10 de 2006 check out memoriadeelefanta.blogspot.com

     
  • At 11:54 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Puro viadismo e olha q não sou preconceituoso

     
  • At 9:27 da manhã, Blogger joao wendel said…

    JOAO WENDEL

    O FILME ME TOCOU PROFUNDAMENTE..
    RECOMENDO PARA TODOS...
    O FILME MOSTRA A REALIDADE DO DIA-A-DIA... O RESPEITO QUE DEVEMOS DAR AOS HOMOSSEXUAIS, POIS ELES TINHAM REALMENTE SENTIMENTO UM PELO OUTRO E NAO APENAS SAFADEZA COMO MUITOS DIZEM,


    VALE A PENA ASSISTIR ESTE FILME, EU JA ASSISTI 2 VEZES. DEVERIA GANHAR O OSCAR DE MELHOR FILME,

     
  • At 6:55 da tarde, Anonymous regis said…

    depois de ter visto o filme me emocionei... ja o vi pela 5°vez, e confeço que em todas tivi um sentimento diferente, mais que ao final se resume em um só: o de pura ternura e sensibilidade entre os personagens, onde eles mostran que o preconceito acabou com um lindo romance. mais que hoje isso serve de exemplo pra muitas pessoas que ainda o tem...

     
  • At 7:43 da tarde, Blogger RICARDO said…

    O MELHOR FIME DA MINHA VIDA TO VIVENDO ISSO HOJE E MUITO DIFICIL A CEITAR MAS DEPOIS DESSE FILME TENHO Q CONFESSAR Q E NORMAL QUALQUER SITUAÇAO MESMO A MAS DIFICIL PODE SE TORNAR NA MAS NORMAL POR ISSO TENHO Q CONVESSAR QUE AMO MESMO E AMO SEM TEMER E NAO PÉRCO MAS NENHU SEGUDO SEM DIZER ISSO TO INDO FAZER ISSO AGORA
    CONTAR O SEGREDO DA MONTANHA PRO MUNDO INTEIRO ESCUTAR RSRS VALEWWW

     
  • At 5:32 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    assisti esse filme e me emocionei muito, pois dessa fixção tão real tirei p/ mim uma realidade... meus familiares ñ sabem sobre minha sexualidade, pois foi um dia de domingo entreguei esse filme a minha mãe e disse a seguinte frase: é desse filme mamãe q vc saberá tudo q eu sinto... e esse tempo todinho sofri calado!(resumo tudo mudou em minha vida)

     
  • At 5:23 da tarde, Blogger chikinho said…

    esse filme realmente me arrepiou!!!

    sou hetero, mas o setimento que esse filme me passou me deu medo...

    se alguem souber mais alguma filme deste mesmo genero gostaria de ver postem porfavor???

     
  • At 5:27 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    vou conveçar uma coisa meus sentimentos ficaram explicitos nesse filme!!!

    nunca tive coragem de revelar isso, mas um homem me seduz de maneira de dar medo...

    meiu coração pula em sou de pensar nisso se algum rapaz entre 15 e 18 tiver afim de algo deixe um comentario nesse filme so para saber tenho 18 anos e sou super discreto!!!

    procuro o mesmo de quem estiver afim de mim???

     
  • At 5:47 da manhã, Blogger Patty A.M. said…

    Este filme é maravilhoso, mostra um amor verdadeiro... Sem palavras simplesmente amei!

     
  • At 10:17 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    meu nome e paulo adorei o filme me emocione tamben nos mostra q o amor e pra todos esse filme vale mil estrela.parabens

     
  • At 10:27 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    esse filme me emocionou!!!!aprendi muito sobre a vida ! nao vivo esso e nao descordo com nada!Quero assistir novamenta

     
  • At 11:12 da tarde, Anonymous Fernando said…

    Realmente este filme já esta no conceito de todos que Ama e quer ser Amado de uma forma pura e reveladora , um Amor de um jeito que nunca podemos disser 'iso nunca acontecerá comigo' mentira isso pode acontecer sim e bem, só não gostei do final muito triste, sempre quando assisto fico com uma tristesa muito grande no peito, mais esta de Parabens.

     
  • At 11:39 da manhã, Anonymous Remington said…

    Na verdade e uma historia que mostra o mundo sonhado dos homossessuais.Um mundo onde todos nao se parecem Madona ou Layde gaga, um mundo onde os gays se parecem masculinos porem com desejos em outro ser masculino. Onde existe conflitos e brigas mas sem frescura. ou seja sem muitas delicadezas.Este mundo e sonhado por milhoes de gays por todo o mundo. Por azar eu nao sou assim tao masculo e isto por natureza. mas tudo bem.

     
  • At 4:21 da manhã, Anonymous Thiago Laurentino said…

    Amei o filme,é realmente ótimo,me emocionei,é muito tocante.
    Também recomendo este filme que é tão profundo,bonito,passa uma mensagem belíssima que todos devem considerar pra suas vidase que está cheio de sentimentos bons

     
  • At 6:15 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Filme bizarro!! O.O muito bambi isso ai

     
  • At 8:53 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    meu nome é Carlos Minas, tenho 18 anos e estou a procura de um parceiro para fazer a mesma coisa do filme, adorei e adoro isso a cada dia mais e mais, quero um Cowboy bem gostoso como o da montanha, caso alguém por ai saiba onde posso encontra-lo por favor me contatar facebook = Carlos Minas

     
  • At 3:18 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Nunca tinha assistido tal filme... ontem peguei ele no netflix e fiquei extremamente emocionado!

    Carlos

     
  • At 2:02 da tarde, Anonymous ANTONIO GABRIEL said…

    Exclente BLOG. Coisa de algumas semanas atrás, encontrei um outro espaço(BLOG) em que as pessoas falavam ABOUT, principalmente deste épico. Mas não com a mesma seriedade que encontrei aqui em quase todos os comentários. Este maior então by Ana Silva, espetacular era tudo que eu sempre quis expressar sobre a obra de Ang Lee. Eu tive o prazer de ler o romance antes de ver o filme. Minha declaração neste outro BLOG me causou um pouco de constrangimento, devido a reação de outra pessoa que alí também escreveu, com deboches e ironias direcionados a mim por ter declarado que sei o que é isto que mostra o filme. Vivemos Eu & Outro Homem história bem semelhante a do filme, entre a idade de 19 & 28 anos. Foi muito duro pra nós.Também nos casamos, embora eu acabei por não ser pai, o outro tem um menino(Homem de 25 anos). Sofremos muito quando deixamos de viver o que estava por explodir dentro de cada um de nós. Não nos preocupamos com esta coisa de que depois de termos passado por este processo de AMOR, se passamos a ter este ou aquele conceito (hetero, ou sei lá o que), pois sabemos que fomos o melhor na vida um do outro, temos plena conciência que foi AMOR. E digo a vocês em anos tão difíceis quanto os de Ennis & Jack(Entre 1974 & 1983). Ainda nos vemos, mas o que vivemos somente nossos olhares falam um ao outro. Espero estar mostrando aqui apenas um sentimento semelhante, nada de querer ser o CARTAZ desta história épica.

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates