quinta-feira, março 01, 2007
Filme do mês
O mês de Fevereiro marca o início de mais uma rúbrica. No final de todos os mês, os membros do Take a Break escreverão um pequeno paragráfo sobre o filme que consideram, dadas as várias estreias, ser o melhor. Passemos então aos filmes destacados neste mês de Fevereiro



Uma fotografia do filme mais destacado este mês

Ana Silva | The Good Sheperd

"Considerando as estreias a que assisti este mês, custa-me escolher entre Little Children e The Good Shepperd. No entanto, julgo que o segundo me cativou um pouco mais, marcou mais, surpreendeu mais. O Bom Pastor é um filme denso, envolvente, onde a trama se desenrola de forma perfeita: ora mais acelerada, transmitindo-nos a adrenalina da acção, ora mais lenta, obrigando-nos a digerir o pensamento e as emoções. O resultado é a fusão de um argumento crítico e inteligente, e de uma grande realização, onde os desempenhos dão ao filme um carácter mais-que-perfeito. Matt Damon tem aqui um dos seus melhores papéis: Mr. Edward Wilson - uma personagem real, profundamente bem construída, agoniante. "

H.| Letters of Iwo Jima

"Letters From Iwo Jima" é tão mais extraordinário quanto nos vamos apercebendo da sua dimensão de exposição das cruezas da guerra com um olhar de desencanto perante tanto absurdo. Eastwood respeita as causas e as pessoas mas sabe bem articular tudo isso com a explanação da amargura e da injustiça em que radicam as experiências bélicas. Situações em que se perdem razões e sentidos e em que se perde também o coração humano. "

not_alone | Letters of Iwo Jima

"Clint Eastwood tem vindo a provar nos últimos anos que não consegue fazer maus filmes. Letters Of Iwo Jima é mais uma brilhante obra sobre a complexidade humana. Os preconceitos e estereótipos são deitados por terra, tendo como fundo a batalha de Iwo Jima. Mais do que um simples filme de guerra (que ainda assim cumpre essa meta com distinção) é um filme com personagens de uma profundidade avassaladora e com uma alma maior do que a própria guerra em si. Tal como em Million Dollar Baby, o realizador explora de forma exímia o confronto que existe dentro de cada indivíduo. Iwo Jima não é uma batalha entre dois opostos. É uma batalha interior. "

Paulo | Bobby

"Num mês dominado pelas estreias dos aclamados (e nomeados) Little Children e Letters From Iwo Jima, convém não esquecer também essa grande surpresa que é Bobby, o filme de Emilio Estevez largamente inspirado pelo cinema de Robert Altman, sobre o assassinato do senador Kennedy e algumas vidas que com ele se cruzaram nesse dia fatídico. Um filme profundamente americano, verdadeiramente tocante e bastante mais actual do que possa à partida parecer."

P.R | Letters of Iwo Jima

"O mês de Fevereiro marcou a estreia daqueles que são, para já, os melhores filmes de 2007: Letters of Iwo Jima, Little Children e Good Sheperd. No entanto, destes 3 apenas um é uma verdadeira obra-prima: Letters of Iwo Jima. O novo filme de Eastwood é um filme de guerra diferente e brilhante. Com um ritmo pausado mas sentido, o filme ultrapassa o prodígio técnico (que marcou The flags of our fathers) e imprime uma densidade dramática absolutamente extraordinária. Sendo um (não será o último?) realizador descendente do classicismo cinematográfico de Hollywood, Clint constrói mais um filme notável. E, perdoem-me os seguidores de Scorsese, devia ter sido Clint Eastwood a sair do Kodak Theater com os Oscar de Melhor Realizador e Melhor Filme. "
posted by P.R @ 7:17 da tarde  
3 Comments:
  • At 7:47 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Parabéns!! Mais uma excelente rúbrica! No entanto, eu destacaria o fabuloso Little Children.

    Mas continuem o belo trabalho!!

     
  • At 9:46 da manhã, Blogger Produção said…

    Tenho andado um pouco afastado das salas do cinema, mas LETTERS FROM IWO JIMA é um obra transcendental.
    Clint Eastwood é mais que um mero realizador com credenciais clássicas, é um realizador ético por excelência.
    Venceu o Oscar por melhor som, e talvez seja o filme que melhor explora a narrativa sonora dos ultimos anos.

    Fabuloso

    cumprimentos

     
  • At 10:44 da manhã, Anonymous Roberto Queiroz said…

    Não assisti ainda The Good Shepperd, portanto fazer uma escolha entre ele e Little Children (que, aliás, gostei muito) seria injusto). Já Letters from Iwo Jima é uma obra-prima (o exemplo definitivo do talento de Clint Eastwood). E quero muito ver Bobby, justamente por causa do tipo de cinema parecido com que o Altman fazia quando vivo.

    (http://claque-te.blogspot.com): Dreamgirls, de Bill Condon.

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates