quarta-feira, fevereiro 24, 2010
O Laço Branco

É sempre grande a expectativa de ver um filme vencedor da palma de ouro em Cannes. Pese embora o facto de, nos últimos anos, o festival ter tido a tendência para premiar filmes políticos acima dos demais, certo é que algumas das maiores obras primas do cinema mundial foram merecedoras do galardão máximo do festival da Riviera Francesa. De qualquer modo, e tentando focar este último filme de Michael Haneke, parece-me que, no que toca ao conteúdo, não apresenta nada de novo.
Senão vejamos:
Há uma tentativa de retornar a um tema desenvolvido em Funny games, já não com adolescentes, mas sim com crianças, tentando evidenciar o seu lado patológico-cruel. Simultaneamente, quer o autor frisar, parece-me, a ideia de que as educações moralistas e ultra-disciplinadas conduzirão, inevitavelmente, aos antípodas do que com elas se pretendeu... Para isto o autor pega numa família puritana, chamemos-lhe assim, desmascarando a decadência que nela impera.
E o que é que há de tão original neste filme para que lhe seja entregue uma Palma de ouro?
Na minha opinião, nada... Seria quase como atribuir o nobel ao Saramago por ter escrito o Caim...
Se falarmos de cinema, cinema estrito, é verdade que a composição dos planos é equilibradíssima; é verdade que o preto e branco se justifica; é verdade que existe ali uma reminiscência do cinema de Bergman... Mas sem brilho, sem nada de novo no que ao argumento diz respeito...
Acrescento apenas o óbvio, ou seja, esta é a minha opinião..., o que equivalerá a dizer que, para mim, o Laço Branco será um filme que, com o tempo, esquecerei e nunca tomarei como referência...
posted by Ursdens @ 6:10 da tarde  
8 Comments:
  • At 12:13 da tarde, Blogger P. said…

    Epah, não concordo nada, ursdens. Adorei o filme. Pesadíssimo, denso, com pormenores de fazer tremer. MAs, lá está, nestas coisas não se pode ser clubista. O mérito de Haneke está também em provocar sempre discussão.

     
  • At 3:52 da tarde, Blogger Ursdens said…

    Opiniões... :)

    Não digo que o filme seja mau, mas há, para mim, falta de ritmo e argumento ultrapassado...

    Que o Haneke é bom, lá isso é (pelo menos nesse aspecto concordamos)

    Cumprimentos cinéfilos! :)

     
  • At 12:34 da tarde, Blogger aquelabruxa said…

    eu adorei o filme. também vi o funny games e não vejo a relação como a apresentas (isto não é com o intento de discordar, que eu até nem gosto muito de discordar). achei a cinematografia linda e a atmosfera muito envolvente. a diferença entre a patologia no funny games e a patologia neste filme será talvez a consciência. as crianças são cruéis sem verdadeira consciência. achei o filme original pois retrata uma época, e a "patologia" não só das crianças como de toda a sociedade (campestre) desse tempo.
    acho que não me explico muito bem, mas achei o filme interessante e bonito.

     
  • At 9:28 da tarde, Anonymous Carlos Tevez said…

    Eu cá acho que és uma besta, que só dizes merda, que não sabes pissa de cinema e que escondes a tua falta de talento para interpretar filmes ou seja o que for atrás de palavras caras e métodos de escrita que copias inconscientemente de críticos merdosos da Actual.

    Nem me refiro particularmente a este post - é que o laço branco também não me aqueceu nem arrefeu.

    O grande problema aqui é que eu compreendo melhor que tu o verdadeiro significado da tua existência: uma bela bosta mal cagada que pensa que cheira bem, dizendo as coisas de maneira falsamente humilde.

    Boa sorte para a tua fraquinha vida

     
  • At 9:28 da tarde, Anonymous Carlos Tevez said…

    Eu cá acho que és uma besta, que só dizes merda, que não sabes pissa de cinema e que escondes a tua falta de talento para interpretar filmes ou seja o que for atrás de palavras caras e métodos de escrita que copias inconscientemente de críticos merdosos da Actual.

    Nem me refiro particularmente a este post - é que o laço branco também não me aqueceu nem arrefeu.

    O grande problema aqui é que eu compreendo melhor que tu o verdadeiro significado da tua existência: uma bela bosta mal cagada que pensa que cheira bem, dizendo as coisas de maneira falsamente humilde.

    Boa sorte para a tua fraquinha vida

     
  • At 9:35 da tarde, Anonymous Carlos Tevez said…

    Já agora: a vossa cordialidadezinha do "cada um tem a sua opinião" ou "o objectivo do Hanake a fazer filmes é mesmo este de pôr pessoas a discordar" bem podia acabar.

    É que nem o Hanake não faz filmes para as pessoas discutirem coisa nenhuma nem as duas opiniões estão certas. Há, provavelmente, um de vocês que é anormal e que está errado. E a verdade é que, obviamente, cada um de vocês pensa lá no seu interior que é o outro que está errado e que, consequentemente, é anormal.

    Claro que da vossa perspectiva nada disto terá interesse visto estar eu a dizer-vos isto, logo: o anormal da conversa para vocês sou eu.

    Tudo bem, eu reconheço-o. Devia estar a ver o Prós e Contras.

    Agora, uma coisa vos garanto: se o mundo vier por alguma eventualidade papal ou envangélica a acabar proximamente, e assim espero eu que sim, vou encontrar-vos e enfiar-vos uma vassoura pela peidola antes de irmos todos de lopes.

    Beijos e até um próximo post estúpido como as vacas

     
  • At 2:25 da manhã, Blogger Ursdens said…

    aquelabruxa: Não gostar de discordar é estranho... Eu cá acho que, quando a gente discorda, deve discordar! :)
    De qualquer modo, e não discordando de ti, a cinematografia do filme é de facto linda! Só que para mim é como os quadros do Monet que, via de regra, apesar de serem lindos e muito bem feitos, não me dizem muito...

    Cumprimentos cinéfilos!

     
  • At 8:03 da manhã, Blogger Vigor Cindy said…

    grâce article très utile
    ---------------
    Sing Me To Sleep Lyrics
    You can have more great songs at song lyrics
    top song lyrics

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates