segunda-feira, novembro 19, 2007
La Passion de Jeanne d'Arc

A definição de obra-prima. Imortal!
posted by P.R @ 6:03 da tarde  
6 Comments:
  • At 11:42 da tarde, Blogger Paulo said…

    Nem mais. É pura e simplesmente brilhante.

     
  • At 12:22 da manhã, Blogger P.R said…

    Para mim o brilhantismo do filme traduz-se na surpreendente impacto que consegue ter graças aos famosos grandes planos e a um desempenho que é, no mínimo, dos melhores de sempre! É um filme que tem 80 anos mas que esbanja cinema e competência em cada segundo. Entrou directamente para a galeria dos filmes da minha vida :)

     
  • At 4:35 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Um filme notável... Um dos melhores de sempre :D

     
  • At 4:13 da manhã, Blogger wasted blues said…

    Entre os que mudaram a minha forma de ver Cinema. Perfeito!

     
  • At 9:03 da manhã, Anonymous Catarina Neves said…

    Estou chocada Pedro. E não é que José António Galvão não é mais do que um pseudónimo de Miguel Galrinho? Provavelmente a Susana Marques Esteves também é o Miguel. Como é que alguém pode ser tão baixo e invejoso para atacar cobardemente colegas cinéfilos, com o intuito de os desacreditar. Vergonhoso.

    http://cinemanotebook.blogspot.com/2007/11/cinema-muckraker-h-lodo-na-claquete.html

     
  • At 10:35 da manhã, Blogger P.R said…

    Catarina, acho que não consigo dizer muito... Partilho o choque contigo!

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates