quinta-feira, novembro 15, 2007
Eastern Promises

É incrível o poder do cinema e a força tão diferenciada que exerce sobre nós. Eastern Promises, numa primeira análise, pouco me disse. Sem questionar as qualidades do filme, a questão é que o filme não mexeu comigo da mesma forma como fez, por exemplo, History of Violence. No entanto, quanto mais penso no filme mais me rendo aos contornos de obra-prima que este apresenta. De facto, o twist do filme que nos é oferecido tão subtilmente ganha novas dimensões e uma nova profundidade se pensarmos no que vimos e sobretudo ouvimos minutos antes. Frases como "Sentimental value? - I’ve heard of that" pronunciadas no início da história adquirem com o clímax final uma dimensão extraordinária... Para isso, muito contribui Viggo Mortensen que tem aqui o desempenho da sua vida enquanto o "motorista" Nikolai e será, se houver justiça, nomeado ao Oscar de Melhor Actor Principal... Poderia continuar e falar da excelente fotografia, do trabalho notável de Cronenberg, da emblemática cena na sauna mas deixo isso convosco. Vão ao cinema ver Eastern Promises, ou arriscam-se a perder um dos melhores filmes do ano.
posted by P.R @ 12:11 da tarde  
9 Comments:
  • At 4:44 da tarde, Blogger _Loot_ said…

    Ainda temos de esperar que estreie, mas este é garantido que vou ver.

     
  • At 4:49 da tarde, Blogger P.R said…

    Estreia daqui a duas semanas :)

     
  • At 5:04 da tarde, Blogger Cataclismo Cerebral said…

    29 de Novembro lá estarei nas salas!!!

     
  • At 5:41 da tarde, Blogger P.R said…

    E fazes mto bem! Este é daqueles filmes obrigatórios!

     
  • At 9:17 da tarde, Anonymous gonn1000 said…

    Obra-prima não diria, mas concordo que é um filme a ver.

     
  • At 11:47 da tarde, Blogger wasted blues said…

    Nem mais, um dos filmes do ano, estamos de acordo ;)

     
  • At 11:48 da tarde, Blogger wasted blues said…

    Mas, ao que parece, mexeu mais comigo. Não me saiu da cabeça durante uns dias... e apetece-me rever o mais breve possível (o que não acontece assim com tanta frequência).

     
  • At 11:36 da manhã, Blogger P.R said…

    Sim Wasted, o impacte do filme em mim não foi tão imediato. Agora, claro, é necessário rever o filme para mergulhar novamente naquela teia de emoções e perceber os pequenos pormenores que de certo escaparam devido ao desempenho do notável do Viggo... Se é que me entendes ;)

     
  • At 4:11 da manhã, Blogger wasted blues said…

    Sim, conto vê-lo novamente daqui a muito pouco tempo. Se é que me entendes ;)

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates