quinta-feira, outubro 30, 2008
At The Drive-In - Invalid Litter Dept

Esta já tem alguns aninhos.

O vídeo? Incomum. Um vídeo em tom de reportagem. Bem pensado, bem conseguido; tão genuíno quanto ingénuo. A banda? At the Drive-in, provavelmente a banda punk menos punk da história. Os dois jovens com demasiado cabelo que aparecem no vídeo são Cedric Bixler (voz) e Omar Rodriguez (guitarra). São irmãos e mentores do projecto. Os At the Drive-in acabaram, the Mars Volta chegou para substituir (cabeças de cartaz no último Verão em Paredes de Coura). Mais complexo, mais arrojado, profundamente mais difícil de ouvir. Rock progressivo, é como são caracterizados. Mas the Mars Volta é músculo, labirinto sonoro bruto, um verdadeiro portento ao vivo. Noutra altura falarei sobre eles. Por hoje fica o vídeo, de uma altura em que já começavam a ganhar algum destaque, com uma excelente música a acompanhá-lo.

Os video-clips mais interessantes são mesmo assim, tiram espaço à própria música.

posted by P. @ 12:06 da tarde  
7 Comments:
  • At 2:17 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    eles nao sao irmaos...

     
  • At 3:02 da tarde, Blogger looT said…

    Quando os At The Drive In terminaram deram origem aos The Mars Volta mas também aos Sparta.

    Grande banda são brutais, fantásticos :)

     
  • At 3:42 da tarde, Blogger P. said…

    Olá, loot.

    Sparta nunca ouvi com atenção. O Omar tem um projecto próprio, também, Omar Rodriguez-Lopez Quintet , e ao que parece quando o contrato dos Mars Volta com a editora acabar estão preparados
    para começar a lançar mais álbuns anualmente pois a editora só os autoriza a editar um por ano.

    Olá anónimo, efectivamente não são irmãos, o omar rodriguez é que já trabalhou com o irmão. My bad. Obrigado pelo aviso.

    Esqueci-me também de avisar que esta música dos At the Drive-in é do álbum Relationship of Command. Fica aqui a dica.

     
  • At 7:25 da tarde, Blogger Ursdens said…

    Pedro:

    Grande som!!!

    Sabes, não conheço muito punk, mas sei que, na génese do movimento, existe qualquer coisa que não implica que o punk seja apenas uma mera brincadeira de miúdos... Aliás, isso existe em todos os movimentos "jovens", chamemos-lhes assim... Depois os "jovens inconscientes" é que transformam aquilo que inicialmente era bom e tinha qualidade, conceptual e estética, em valentes sacos de merda...

    O início tem laivos estéticos de gótico... Não conheço isto, nem me vou, por enquanto, dar ao trabalho de procurar (ando cheio de trabalho), mas pergunto-te só uma coisa. É dos anos oitenta?

    Cumprimentos cinéfilos e não cinéfilos (globais)! :)

    Ps: O vídeo tá muito bom! :)

     
  • At 1:56 da manhã, Blogger P. said…

    Olá Ursdens,
    Os At the drive-in são de finais dos anos 90, inicios de 2000. O curioso é que agora como Mars Volta nunca tocam nada de At the drive-in. Parece que não se apercebem que já há 10 anos que faziam boa música. O punk é,no mínimo,curioso.Quando apareceu, e os fantásticos Sex Pistols provam-no, era mesmo o estilo de música onde estavam os piores músicos. Estava tudo na atitude. O punk lá viajou de inglaterra até aos states e nos anos 80 ganhou todo o tipo de formas. A nível de ideologia (e musical)há uma banda dos anos 80 que admiro muito: Dead Kennedys, liderados por Jello Biafra. Quando tiveres tempo dá uma olhadela,há uma inteligência incrível na forma como faziam letras tão terrivelmente ingénuas.

    Cumprimentos

     
  • At 6:04 da tarde, Blogger looT said…

    Também conheço melhor Mars Volta que são fantásticos, tenho de ver se ouço os álbuns mais recentes que ainda não o fiz.

    O Relationship of Command é um grande grande álbum até conta com a partecipação do senhor Iggy Pop :D

    abraço

     
  • At 6:14 da tarde, Blogger Ursdens said…

    Tu tás lá Pedro! É mesmo isso! É mesmo essa a atitude que devemos ter perante a cultura...

    Não te consumas em vaidade por este comentário, isso é perigoso...

    Mas também nunca entres por falsas modéstias a dentro...

    Continua (com força, sem medo e com consciência)!

    Grande abraço!

    Ps: Quanto ao texto em si não teço grandes comentários... O cromo em punk és tu, não sou eu... :)

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates