sexta-feira, fevereiro 08, 2008
Acabou a greve dos argumentistas!

Desta parece ser de vez: acabou a greve dos argumentistas. O sindicato dos argumentistas, o WGA, chegou (finalmente, diria eu) a acordo com as grandes produtoras e deverão assinar o acordo dentro de dias.

Tal como diz Michael Eisner, da Walt Disney "It's over. They made the deal, they shook hands on the deal. It’s going on Saturday to the writers in general. A deal has been made, and they’ll be back to work very soon. I know a deal’s been made. I know it’s over."

Desde Novembro que a greve se arrastava com contornos algo trágicos para a indústria: séries acabadas com 8 episódios, filmes que não arrancaram da pré-produção, cerimónia dos globos de ouros cancelada... Isto acabou obviamente por se alastrar por todos os sectores da grande máquina de Hollywood gerando, inclusive, muito desemprego junto de outros profissionais pois sem argumentos pouco se faz

Com o aproximar dos Oscars a pressão para acabar com a greve era já existente. Nem as duas guerras mundiais, nem a guerra do Vietname ou o 11 de Setembro impediram a cerimónia de se realizar. Não seria com a greve dos argumentistas que tal iria acontecer. Mas não deixa de ser uma das maiores crises no sector das últimas décadas... Agora é pegar na caneta e recuperar estes 3 meses!
posted by P.R @ 10:53 da manhã  
3 Comments:
  • At 12:35 da tarde, Blogger Paulo said…

    Foi uma situação complicada, mas compreensível de parte dos argumentistas, mas que de facto já se arrastava à demasiado tempo. Ao que parece, os próprios já perderam bastante dinheiro com os protestos. O que é certo é que a indústria saiu afectada, e espera-se que a partir de agora seja dado o crédito devido aos argumentistas e tudo tenha ficado resolvido. E agora espero que os restantes episódios do "Lost" não demorem muito a aparecer :-P

     
  • At 5:07 da tarde, Anonymous miguel said…

    nem as guerras nem o 11 de setembro deixaram a cerimónia dos oscares por se realizar, mas se a greve não tivesse o seu término, era este ano que não iria para o ar. não se ia transmitir uma cerimónia para o mundo inteiro sem guião. aqui sim, é que os argumentistas mostraram que são o motor da grande industria de hollywood, que muitas vezes se esquece deles. tanto que de repente se arranjou logo uma solução para a greve. curioso, curioso.
    sempre estive com os argumentistas, apesar de que a greve podia ter demorado bem menos.

     
  • At 5:34 da tarde, Blogger P.R said…

    miguel: sim concordo contigo. Mas duvido (e muito) que a cerimónia dos Oscars não acontecesse mesmo com a greve... Não seria obviamente nos moldes a que estamos habituados mas haveria entrega de prémios. E sim os argumentistas são uma parte muito importante na indústria e a greve só durou tanto porque os estúdios tardaram a reconhecer isso...

     
Enviar um comentário
<< Home
 
 

takeabreak.mail@gmail.com
Previous Post
Archives
Cinema
>> Críticas
>> Filme do mês
>> Grandes Momentos
>> 10 Filmes de Sempre
>> Balanços
"Combates"
Críticas Externas
Música
>> Concertos
>> Discos
>> Sugestão Musical
>> Video da Semana
>> Outros
Teatro
TV
Literatura
Outros
Links
Affiliates